Morrendo de saudade (xote) João Pinheiro

356
Published on 17/10/2015 by Sidonio

Vou viajando nessa velha estrada
Sem pensar nos machucados
Desse meu penar
To indo embora
É quase madrugada
Se eu não chego
A minha amada
Não dorme se eu não chegar
Vou caminhando
Entre os pensamentos
E não vivo um só momento
Sem o teu calor
Quando estou longe
Me bate uma ansiedade
Eu vou morrendo de saudade
Pra os braços do meu amor
Eu chego cedo
Porque tenho sede
Dos teus beijos, teus carinhos
Teu chamego, teu xodó
Eu chego cedo
Porque tenho medo
De perder o teu aconchego
Eu não consigo viver só.
Igual a você [bis]
Não existe ninguém
Nesse mundo não há
Quem faça carinho
Melhor que você, ha, iaiá…
Você tem um jeito
De moça menina
Você faz um charme
Você me fascina
E faz da minha vida
Um eterno prazer

Category Tag

Add your comment

Your email address will not be published.