Plágios famosos

O plágio (diz-se também plagiarismo ou plagiato) é o ato de assinar ou apresentar uma obra intelectual de qualque
natureza (texto, música, obra pictórica, fotografia, obra audiovisual, etc) contendo partes de uma obra que pertença
a outra pessoa sem colocar os créditos para o autor original. No acto de plágio, o plagiador apropria-se indevidamente
da obra intelectual de outra pessoa, assumindo a autoria .
No caso de plágios na música vamos a alguns exemplos mais famosos.
Este é o original, Huey Lewis And The News – I Want A New Drug

Este é o plágio, Ray Parker Jr. – Ghostbusters

Este é o original, SEBASTIÃO BRAGA – LOUCURAS DE AMOR

Este é o plágio, ROBERTO CARLOS – O CARETA

Em 1988, 13 anos após “Feeling” explodir como sucesso mundial, a Suprema Corte da Califórnia, nos Estados Unidos, declarou oficialmente que a música “Feelings”, de Morris Albert é um plágio da música “Pour Toi” composta pelo francês Loulou Gasté em 1956, para o cantor Line Renaud

Esta é a original, POUR TOI Line Renaud

Esta é o plágio, Morris Albert – Fellings

Esta é o original, Al Bano & Romina Power – I Cigni Di Balakà (1987)

Esta é o plágio, Michael Jackson – Will You Be There

Esta é a original, Taj Mahal de Jorge Ben

Esta é o plágio, Da Ya Think I’m Sexy? Rod Stewart